O princípio do tratamento
By Cláudio

O princípio do tratamento

Compartilhe

O princípio do tratamento

Um dos limites fundamentais que a família que enfrenta os problemas decorrentes da dependência química de um dos seus membros é o do tratamento. Sem ele, tanto a dependência química quanto a codependência tendem a se agravarem, ou seja, vamos ficando cada vez piores.

No processo de prevenção não é diferente. O princípio do tratamento deve nortear toda a família. Constatados desvios de comportamento em casa e, ou na escola, os pais ou responsáveis devem buscar ajuda especializada.

É importante ressaltar também que não é buscar o tratamento somente para a criança ou adolescente. Na maioria dos casos, toda a família está passando por processo de adoecimento psíquico e, às vezes, físico também. Este é um erro muito comum que acomete as famílias disfuncionais.

Outro erro recorrente da família é buscar e acreditar em soluções mágicas, em outras palavras, argumentos como: “Isso é fase da adolescência. Vai passar”. “Esse aí puxou o pai dele”, etc…

O princípio do tratamento deve levar em consideração todo o sistema familiar. Seus membros, especialmente os mais significativos na vida do “paciente sintoma”, são essenciais na remissão desses sintomas, construindo assim, uma família mais saudável e funcional.

Fica aí mais uma dica para os pais ou responsáveis

Cláudio Martins Nogueira – Psicólogo Clínico

  • No Comments
  • Abril 17, 2024
× Como posso te ajudar?