Coragem
By Cláudio

Coragem

Compartilhe

Coragem

Antes de conhecer o Nar-Anon eu me lamuriava pelas situações insanas pelas quais passava sem ter coragem de tomar decisões. Eu havia me habituado a procrastinar quaisquer decisões com medo de novos desafios e de enfrentar consequências. Devido à minha falta de coragem deixava tudo sem solução.

Em momentos de grande tensão me armava de falsa coragem, tomando muitas decisões inconsequentes, assumindo atitudes doentias que nada resolviam e apenas aumentavam a dimensão dos problemas.

A Oração da Serenidade me ensinou o verdadeiro significado da palavra coragem. Agora sei que preciso ser humilde para pedir ao Poder Superior coragem para deixar de assumir as responsabilidades dos outros, coragem para dizer “não” quando quero, coragem para tornar minhas escolhas realidade e coragem para mudar minhas atitudes em direção à recuperação e ao crescimento espiritual.

Hoje sei que viver não é fácil, mas é gratificante. Vez por outra sinto ainda que a preguiça me imobiliza e nesses momentos a programação me dá a coragem para continuar em frente.

 Reflexão

Sempre fui atendido nas orações que fiz pedindo coragem. Hoje me sinto com força e confiança para enfrentar as dificuldades da vida.

 “Ninguém é derrotado a não ser quando desiste da luta”

W. Beran Wolfe – Literatura do Nar-Anon

Meu comentário:

Coragem e ousadia só teremos quando confiarmos e entregarmos nossa vida ao nosso Poder Superior. Para isto, temos que admitir nossa vulnerabilidade e fragilidade diante dos desafios da vida. Por mais paradoxal que pareça “nos tornamos fortes quando reconhecemos as nossas fraquezas”

O orgulho, a vaidade, a soberba, a negação, a raiva, a inveja e a vergonha são frutos desta dificuldade de aceitarmos a nossa verdadeira condição humana: SER VULNERÁVEL.

Cláudio Martins Nogueira – Psicólogo Clínico – Especialista em DQ.

  • No Comments
  • Março 23, 2024
× Como posso te ajudar?