Para que serviu o controle?
By Cláudio

Para que serviu o controle?

Compartilhe

Para que serviu o controle?

Você pode analisar para que serviu o controle das situações e pessoas até hoje em sua vida? Ele impediu que algo ruim acontecesse ou foi o responsável por algo de bom que já era para ser seu acontecer? Certamente nenhuma das alternativas.

Hoje podemos perceber que nada do que fizemos impediu nossos entes de agirem da forma que lhe convinham, seja abusando de álcool ou outras drogas, ou vivenciando comportamentos inadequados. Nosso controle, muitas vezes, só contribuiu para que as coisas piorassem, pois abalou nosso estado emocional e reverteu toda esta negatividade para a relação.

E quando o Poder Superior nos reservou algo de bom, infinitamente maior do que podíamos esperar, também, em nada contribuiu o nosso controle. O que estava reservado para nós não dependia de nossa vontade.

Se pudermos realmente entender que não temos o controle sobre ninguém e sobre situação alguma que não dependa de nós, poderemos optar em sermos livres deste comportamento que acaba nos controlando, nos tornando escravos da necessidade de controlar a tudo e a todos, nos tornando ansiosos em resolver situações que não são passíveis de serem resolvidas pelo nosso simples entendimento ou capacidade.

Que possamos entregar este comportamento para o Poder Superior, permitindo que Ele o leve e deixe-nos livre para olhar para nós mesmos.

Vamos usar essa energia toda para controlar a nós mesmos, às nossas compulsões, pensamentos negativos, comportamentos inadequados e nos transformarmos, a cada dia, em alguém melhor.

Texto retirado do livro “Até que a DROGA nos separe – Um olhar sobre a codependência” de Romina Miranda

  • No Comments
  • Outubro 23, 2023
× Como posso te ajudar?