Dois pesos e duas medidas
By Cláudio

Dois pesos e duas medidas

Compartilhe

Este ditado tem origem na Bíblia Sagrada, onde está escrito:
Não carregueis convosco dois pesos, um pesado e o outro leve, nem tenhais à mão duas medidas, uma longa e uma curta. Usai apenas um peso, um peso honesto e franco, e uma medida, uma medida honesta e franca, para que vivais longamente na terra que Deus vosso Senhor vos deu. Pesos desonestos e medidas desonestas são uma abominação para Deus vosso Senhor. (Bíblia, Deuteronômio 25:13-16)

Naquele tempo, não existe uma padronização dos pesos e das medidas. Assim, os comerciantes utilizavam dois pesos ou medidas diferentes de acordo com a cara do freguês. Assim, o roubo e a especulação eram generalizados.

Passados centenas de anos, ainda hoje nós utilizamos desta expressão quando nos deparamos com a injustiça e algo que foge à moral e a ética. Este ditado também nos alerta para as nossas incoerências do dia-a-dia. Em situações semelhantes tomamos decisões diferentes.
Este fato acontece com frequência na relação do dependente químico e seus codependentes. O dependente químico é um mestre na manipulação, na mentira, na falta de compromisso com os outros. Mas ao mesmo tempo, o senso de justiça que ele carrega, a sua intolerância com erros e falhas dos seus familiares é tamanha que em alguns casos chegam a serem agressivos e até mesmo violentos.
Da mesma maneira, os familiares codependentes, não raras vezes adotam dois pesos e duas medidas diferentes para situações semelhantes, gerando confusão e conflitos no lar.

Como no comportamento humano não existe medidas e pesos exatos, ficamos a mercê da moral, da ética e da justiça que, assim como a sociedade e a cultura, vão se modificando ao longo do tempo.

Por tudo isto, é fundamental a gente procurar sempre acompanhar a evolução da humanidade e, ficarmos atento a lei e aos bons costumes da sociedade onde a gente vive com o objetivo de usar sempre a mesma medida e o mesmo peso em situações semelhantes.

Cláudio Martins Nogueira – Psicólogo Clínico – Especialista em DQ

  • No Comments
  • Abril 14, 2023
× Como posso te ajudar?