Pais caixa eletrônicos
By Cláudio

Pais caixa eletrônicos

Compartilhe

Recentemente, perdendo tempo passando pelo facebook, me deparei com um pequeno vídeo que me chamou a atenção. A cena é triste e real nos dias de hoje. Um jovem de cerca de 20 anos chega perto da sua mãe e coloca um cartão de crédito na boca dela. Faz o gesto de digitar o número da conta e da senha em direção à barriga da mãe, gesto este acompanhado do barulho que um caixa eletrônico faz quando estamos digitando. Nas mãos desta mãe dezenas de notas que aos poucos, a mãe vai passando para o filho. Ao término, o jovem vira as costas para a sua mãe e vai saindo em busca dos seus desejos.
Apesar de lamentável e deprimente, infelizmente é uma realidade nos últimos anos. Os pais se tornaram caixa eletrônico de filhos adultos. Coagidos e ameaçados, não é raro vê-los criando seus netos e abastecendo seus filhos de todos os recursos necessários. O “bonitão”, como eu costumo chama-los, vai continuar encostado neste “barranco” familiar e, dificilmente, vai tomar a iniciativa efetiva de procurar um trabalho ou emprego.
Precisamos cuidar de nós, pais, para sairmos desse lugar de “pais caixa eletrônico” para o lugar de autoridades, de disciplinadores e de orientadores. Não podemos transferir o afeto para as coisas materiais. Nossos filhos nos amam e não precisamos comprar o amor deles, mesmo porque amor não se vende.

Cláudio Martins Nogueira – Psicólogo Clínico

  • No Comments
  • Fevereiro 10, 2023
× Como posso te ajudar?