Filho, você não está usando drogas não, né?
By Cláudio

Filho, você não está usando drogas não, né?

Compartilhe

Aceitar o fato de que um filho está fazendo uso das drogas é um choque para os pais. É uma realidade tão dura e cruel que muitos pais, inconscientemente, se recusam a aceitar o fato, mesmo quando os sinais evidenciam que algo está acontecendo. Essa é a fase da negação. Ela inicia assim que o filho começa a apresentar mudanças comportamentais sinalizando que algo está acontecendo e dura até o momento em que o uso se torna tão evidente e escancarado que não é mais possível negá-lo.

A negação do problema é uma atitude inconsciente e, de certa forma, serve como um mecanismo de defesa contra as dores e os sofrimentos resultantes do problema. O que os olhos não veem, o coração não sente. O medo de encarar a realidade é tão intenso que muitos pais, ao desconfiarem do problema, questionam o filho sobre as drogas, porém, já elaboram a pergunta induzindo-os para a resposta que desejam ouvir: – “Você não está usando drogas não, né?”

Mesmo quando os pais encontram a substância na casa aceitam com facilidade o argumento de que não são deles, mas de amigos. Quando sinais visíveis aparecem, ainda assim, buscam as mais variadas justificativas: Isso é coisa da idade. Esse povo fala demais. Ele só exagerou um pouquinho na bebida. Ele é tão carinhoso! Isso é perseguição. Ele jurou que não usa, etc.

Chega um momento em que a situação atinge um nível tão crítico que não é mais possível negá-la. O filho assumiu a dependência. Ele foi pego no flagra. Foi detido pela polícia, etc. Esse é o momento mais difícil para os pais. É a hora de abandonar a negação, aceitar a realidade mesmo com todo o sofrimento e angústia que isso provoca. Esse é um momento doloroso, mas por outro, é um momento importante, pois é encarando a realidade que poderão começar a agir e tomar atitudes na tentativa de corrigir o problema.

Para solucionar um problema de alta complexidade é preciso encará-lo, sem se iludir, sem se isolar, e os grupos de apoio do Programa Amor-Exigente estão de portas abertas para ajudarem a lidar com a situação, conscientes de que todo desafio sempre vem recheado de possibilidades.

Celso Garrefa
Assoc. AE de Sertãozinho SP

  • No Comments
  • Fevereiro 10, 2023
× Como posso te ajudar?