Infância perdida  II
By Cláudio

Infância perdida II

Compartilhe

Infância perdida II
Na edição anterior, abordamos os abusos passivos que muitas vezes as crianças passam dentro de suas famílias disfuncionais. Na maioria dos casos, ao longo da vida. com o amadurecimento psíquico natural vamos superando estes abusos sem necessariamente buscar um tratamento psicológico. Mas em alguns casos, podem deixar marcas profundas que podem afetar toda uma existência.
Neste espaço, vamos discorrer sobre os abusos ativos que, infelizmente é muito mais comum do que a gente imagina e muito pouco falado, já que o “segredo” paira sobre este assunto no universo familiar e social.
B) – Abusos ativos (São abusos físicos fáceis de ver):
1 – Molestação sexual (abusos e atos): Famílias grandes, situação sócio-econômica desfavorável, erotização excessiva da sociedade e uma falta de educação afetivo-sexual estão entre as causas deste abuso. Como possíveis consequências destes abusos podemos ter a perversão sexual, a ninfomaníaca, a promiscuidade, o vício em pornografia, a impotência sexual, a frigidez sexual ou mesmo a ejaculação precoce.
2 – Ataques de raivas, gritos, espancamentos, berros com palavrões: A autoestima e a autoconfiança são totalmente abaladas, trazendo como consequências o medo, pânico, a revolta, insegurança e inabilidade social.
Baseado em tudo isto, os pais precisam ficar atentos ao autoconhecimento e autocuidado, afinal, o tempo todo eles estão afetando a vida de seus filhos. Vale a pena ler este livro e participar do nosso GT (Grupo Terapêutico) O AMOR É UMA ESCOLHA. Conhecimento nos liberta e pode libertar nossos filhos.
Interessados entre em contato pelo zap: 31 – 99206-2492
Cláudio Martins Nogueira – Psicólogo Clínico.

  • No Comments
  • Novembro 16, 2021
× Como posso te ajudar?