Pimenta nos olhos dos outros é refresco
By Cláudio

Pimenta nos olhos dos outros é refresco

Compartilhe

Como todos os ditados populares, este utiliza da natureza para explicar uma característica de muitos seres humanos: O egoísmo. Uma sociedade cada vez mais individualista vai alimentando este sentimento nas pessoas tornando a vida em comunidade cada vez mais difícil.

A pimenta é uma especiaria que possui em sua propriedade natural a ardência. Sabemos que nossos olhos são muito sensíveis a isto. Provavelmente, este ditado deve ter surgido com algum agricultor que cultivava o plantio de pimenta. Imagino que, ao se submeter a exposição frequente a esta plantação seus olhos ardiam e lacrimejavam. Por algum motivo, alguém fez esta analogia.

A falta de empatia, de solidariedade e de espírito comunitário está destruindo o planeta e o próprio homem. A ganância pelo dinheiro e pelo poder sem ética e com muita vaidade produz a miséria, a corrupção e a perda da convivência comunitária.

Estamos assistindo isto tudo nos dias de hoje como nunca aconteceu na história. Apesar de termos milhares de pessoas morrendo vítimas do COVID-19, muitas pessoas não se sentem sensibilizadas, afinal, pimenta no olho dos outros é refresco. Elas continuam não usando máscaras, fazendo aglomerações desnecessárias e negando uma realidade cruel no nosso país e no mundo.

Infelizmente, enquanto o ser humano não entender que sua força está na comunidade e não no individualismo. Enquanto ele não entender que a mesma pimenta que arde o olho do seu semelhante pode arder seus olhos e que, no mínimo ele deve ser solidário com a dor dos irmãos, não iremos construir uma sociedade mais justa e igualitária.

Enquanto sociedade, temos que evoluir da máxima deste ditado para outro que acabei de criar: “Pimenta no olho do irmão deve arder tanto quanto no meu olho”.

Boa dica para a gente pensar.

 

Cláudio Martins Nogueira – Psicólogo Clínico

  • No Comments
  • Julho 15, 2021
× Como posso te ajudar?