O Macaco e o peixinho
By Cláudio

O Macaco e o peixinho

Compartilhe

 Havia na floresta um macaco muito bonzinho que toda noite saia para fazer uma boa ação. Numa noite muito fria, o macaco perambulava pela floresta em busca da sua próxima boa ação. Ao passar por um riacho, percebeu a existência de um peixinho nadando naquela água gelada.

Com muita boa vontade, o macaco dependurou-se no galho de uma árvore próximo ao riacho e com muita dificuldade pegou o peixinho. Ele levou o peixinho para sua caverna, enrolou-o em algumas folhas de bananeira e o aproximou da fogueira.

O macaco acreditava que desta forma estaria evitando que o peixinho contraísse uma pneumonia naquela água gelada.

Ao amanhecer o dia, o macaco muito contente, foi verificar se seu amigo tinha se recuperado, e para sua tristeza, ele estava morto.

Com bastante desapontamento e com um sentimento de culpa enorme, ele chegou a seguinte conclusão: “Não socorri o peixinho a tempo”!

Autor desconhecido

Meu comentário:

Esta história nos mostra que não adianta apenas ter boa vontade para ajudar, é necessário se preparar para tal.

Devido a ignorância e o desconhecimento, é comum tentarmos ajudar e acabamos prejudicando ainda mais a pessoa a ser ajudada.

É importante ter informações sobre a problemática em questão. Buscar orientações com pessoas preparadas e dedicar o seu tempo para melhor entender a situação.

Não adianta apenas querer ajudar. É fundamental aprender ajudar.

Perguntas para discussão em grupo:

1 – Conheço o suficiente desta doença que está atingindo a minha família?

2 – O que estou fazendo para tratá-la?

Cláudio Martins Nogueira – Psicólogo Clínico

  • No Comments
  • Abril 2, 2021
× Como posso te ajudar?