O preço do radicalismo
By Cláudio

O preço do radicalismo

Compartilhe

Segundo o Aurélio, a pessoa radical é aquela inflexível, intransigente, que não tem em consideração a opinião ou a maneira de pensar dos demais. Este radicalismo pode ser específico como o religioso, político ou mesmo de valores pessoais.

Na política, o radicalismo se manifesta como uma pessoa ou um grupo social que é favorável a reformas absolutas, usando se necessário, até a violência para defender seus “ideais” revolucionários.

A história nos mostra vários exemplos que conduziram a humanidade a atrocidades inacreditáveis que envergonham a raça humana. A dificuldade de conviver com os diferentes esta por trás destas barbaridades. A oposição vira inimigos que precisam ser derrotados, ou melhor, exterminados.

Estamos vivendo isto nos dias de hoje. A polarização existente hoje entre o extremismo de um grupo intitulado “bolsonarista” com o viés da direita e o outro intitulado “petralhas” com o viés da esquerda. O diálogo entre estes dois polos é uma conversa de surdos. A política do ódio ao adversário político provoca a cisão do país e das relações internacionais.

O isolamento político vai se consolidando, tendo reflexos na economia, na arrecadação de impostos, nas políticas públicas e no agravamento dos problemas sociais mais diversos. O preço do radicalismo pode custar muito caro.

Ninguém ganha com o radicalismo. Temos que lembrar que somos brasileiros e filhos do mesmo Pai e que adversários não são inimigos. Apenas pensam diferente da gente.

  • No Comments
  • Fevereiro 16, 2021
× Como posso te ajudar?