O leão e o esquilo
By Cláudio

O leão e o esquilo

Compartilhe

Fazia muito calor e o leão decidiu procurar um fresco onde pudesse descansar. Ali, esticou e agitou sua cauda preguiçosamente, enquanto o tempo passava. De repente, um esquilo saiu de uma árvore próxima e, imprudentemente, passou por debaixo das barbas do rei da selva. O leão sentiu vontade de brincar com o esquilo e começou a persegui-lo. O pobre animalzinho pensou que o leão quisesse comê-lo. Tremendo da cabeça ao rabo, suplicou que lhe poupasse a vida.

– Se me soltar, bom leão, prometo ajuda-lo a lutar contra seus inimigos, – disse o esquilo morto de medo.

– Ah! Ah! Ah! Que ajuda você pode me dar, bichinho insignificante? Vá embora depressa antes que eu peca a paciência! – Respondeu o leão menosprezando-o.

O tempo passou. Um dia, o orgulhoso rei das selvas caiu numa armadilha feita por caçadores. Debateu-se muito tentando corajosamente livrar-se da rede, mas nada conseguiu então apareceu o esquilo que, paciente temente, começou a roer a rede com seus dentinhos afiados. Dessa maneira conseguiu libertar o leão.

Arrependido pelo desprezo com que tratava o animalzinho, desculpou-se com ele.

– Perdoe-me, esquilo. Agora compreendo que todos os animais, por menores que sejam, merecem o maior respeito. Prometo que nunca mais voltarei a rir de você, – disse o leão.

– Não se preocupe bom amigo. Sábio é aquele que reconhece a tempo os seus erros –  respondeu o esquilo. Daquele momento em diante, os dois tornaram-se amigos inseparáveis e puderam juntos, enfrentar os perigos da selva.

Moral da história:

O mesmo acontece conosco quando julgamos alguém pela sua aparência. Deixamos de ver o que realmente importa e bloqueamos o nosso coração. Não vemos com os olhos de Deus. Que o nosso olhar se transforme e ficaremos maravilhados diante de tanta beleza e riqueza na variedade de tudo quanto foi criado.

Autor desconhecido

  • No Comments
  • Agosto 31, 2019
× Como posso te ajudar?