“Queridos familiares…
By Cláudio

“Queridos familiares…

Compartilhe

Por favor, parem de achar que a adicção é uma “doença difícil”, é uma doença crônica como outra qualquer, parem de achar que seus familiares adictos são uns coitados. Eles não são!

Viver em recuperação e limpo não é difícil. Difícil é usar drogas uma noite inteira, ter que voltar pra casa, encarar os olhares de desaprovação e saber que se deixou pessoas tristes com sua atitude.

Viver em recuperação e limpo não é difícil. Difícil é ter pessoas controlando sua vida 24hs por dia. Difícil é perder a confiança em si mesmo e ter que reconquistá-la.

Viver em recuperação não é difícil. Difícil é caçar “bitucas” de cigarro na sarjeta para fumar uma pedra.

Viver em recuperação não é difícil. Difícil é vender as coisas de dentro de casa e ver o saldo negativo no banco por conta do próprio uso de drogas.

Viver em recuperação e limpo não é difícil. Difícil é ser maltratado pelo traficante e usar drogas num cubículo de 1mt por 1mt, cheio de pessoas insanas e que fariam qualquer coisa por mais um trago.

Viver em recuperação e limpo não é difícil. Difícil é conviver com codependentes (esposa, mãe, pai, filhos …) criando situações e cobranças insanas.

Viver em recuperação e limpo não é difícil.  Difícil é conseguir ir trabalhar depois de uma noite exaustiva de uso de drogas.

Parem de ter dó… o Dependente Químico não precisa da sua dó, precisa que você o respeite e para isso ele precisa conquistar seu respeito. Para se conquistar respeito, primeiro é preciso ser uma “pessoa de respeito”.

O familiar pode ajudar, quando a insanidade do uso chega ao ponto de tentativa de suicídio do adicto, internando ou buscando ajuda médica. Mas querer praticar na recuperação do outro é INVASÃO!

Parem te tentar modificar o outro, foi tentando ser outra pessoa que o dependente químico muitas vezes se afundou nas drogas!

O dependente químico, precisa aprender a ser tratado como adulto que ele é, a maioria aqui tem familiares com mais de 20 anos, e isso já os torna adultos perante a lei e a psicologia.

O dependente químico, pode sim ir as reuniões com suas próprias pernas, pode sim ir trabalhar, pode sim ter uma vida social e amorosa, ele como

ser -humano tem esses direitos garantidos por nossa constituição.

Parem de achar que as pessoas em torno dele o farão recair ou entrar em recuperação, as pessoas ao nosso redor podem influenciar, mas a decisão de continuarmos num determinado circulo de pessoas é nossa!

O dependente químico só voltará a usar drogas se ele quiser… Isso é um fato, e nada que você  criar para se convencer do contrário mudará isso.

RECUPERAÇÃO É PARA QUEM QUER E NÃO PARA QUEM PRECISA.

Autor desconhecido

  • No Comments
  • Junho 20, 2019
× Como posso te ajudar?