Programa 90 x 90
By Cláudio

Programa 90 x 90

Compartilhe

Um dependente de drogas que toma a iniciativa de buscar ajuda nos Narcóticos Anônimos (NA) é sempre convidado a participar do programa 90 x 90. A principio ninguém entende esta ideia, mas aos poucos o coordenador do grupo vai dando as diretrizes.

O grupo parte do princípio que a grande maioria dos casos em que o dependente busca ajuda ele já esta fazendo uso abusivo das drogas. Não raras vezes seu uso é diário. O convite então é substituir as saídas malucas atrás de drogas para as reuniões de ajuda mútua. O programa 90 dias e 90 reuniões tem um propósito de proporcionar um tratamento intensivo nos três primeiros meses. A partilha, a leitura dos textos e livros, a palavra franca e o acolhimento do grupo são ferramentas eficazes para despertar no dependente a motivação para a luta pela sua sobriedade.

Após longos anos trabalhando com a família codependente, recentemente comecei a pensar algo semelhante para a família. Percebo que as famílias que vivem este drama também estão extremamente fragilizadas diante desta situação e que era necessário algo mais intenso do que apenas uma reunião semanal de duas horas.

Os codependentes em muitos aspectos ficam até mais afetados do que o próprio dependente. Por exemplo, se ele fez uso abusivo de drogas durante 10 anos, o dependente teve bons momentos. Noites de diversão, de lazer e curtição, enquanto que a família ficava com o pior da droga. Noites acordadas sem dormir sem saber onde que seu ente querido se encontrava. Para piorar ainda mais esta situação, o dependente chegava a casa já de madrugada e ia dormir (quando não se tornam violentos). Os familiares tem que acordar cedo para ir ao trabalho e o “bonitão” fica dormindo até as 02hs da tarde.

Diante desta situação eu comecei a me perguntar: “Por que não este programa 90 x 90 para as famílias?” Enquanto a gente não entender que precisamos nos tratar para ajudar o outro não sairemos desta situação. Colocar isto como prioridade, frequentar o máximo de reuniões possíveis, ler bons livros, assistir vídeos abordando o tema, procurar ajuda profissional, etc. Tudo isto vai nos ajudar a ajudar. Pensem nisto familiares.

Cláudio Martins Nogueira

  • No Comments
  • Maio 1, 2019
× Como posso te ajudar?