O que os olhos não veem o coração não sente
By Cláudio

O que os olhos não veem o coração não sente

Compartilhe

Neste ditado podemos fazer várias interpretações, mas com certeza, a importância dos nossos sentidos, especialmente o sentido da visão, na formação e na construção dos nossos vínculos afetivos é a mais importante.

Vínculos afetivos aqui não necessariamente só com pessoas, mas também com objetos, vida profissional e valores humanos. Em outros termos, o seu olhar pode mudar sua maneira de ser com as pessoas e com o mundo, mudando assim seu estado de espírito.

Cabe aqui uma pergunta: “o que nossos olhos estão vendo?”. Se a resposta for filmes e reportagem de violências, programas de futilidades, novelas e coisas que nada acrescentam na nossa vida, nosso coração vai sentir exatamente isto. O medo, o pânico, a depressão, a ansiedade e tristeza vai tomar conta do seu coração. Da mesma forma, se nós filtrarmos o conteúdo daquilo que estamos vendo, buscando coisas mais saudáveis e positivas, vamos mudando os nossos sentimentos para melhor, tornando a nossa vida mais interessante e atraindo coisas melhores para nós.

Assim, ficar atendo para onde nossos olhos estão direcionados é fundamental para o nosso crescimento pessoal e para a nossa qualidade de vida. Vale a pena tentar, afinal, o coração vai sentir e agradecer este esforço.

  • No Comments
  • Julho 5, 2018
× Como posso te ajudar?