Aprender a cooperar
By Cláudio

Aprender a cooperar

Compartilhe

Um dos princípios da filosofia do Amor Exigente tem o nome de “COOPERAÇÃO”.  Segundo este movimento o valor que deve nortear as relações no seio da família é a cooperação entre seus membros. Todos de alguma maneira devem colaborar para o bom andamento do ambiente familiar, desde os afazeres domésticos até a colaboração financeira com a despesa do lar.

Infelizmente o que assistimos na maioria das famílias é uma relação de subserviência, ou seja, os pais se tornam escravos dos seus filhos. Não sei de onde tiramos isto, mas é fato que muitos pais acreditam que ser bons pais é suprir os filhos de todas as suas necessidades. Muitos filhos chegam a verbalizar frases como: “vocês são obrigados a me sustentar, eu não pedi para nascer”. Esta relação dependente com codependentes é extremamente doentia para ambos os lados.

Desta maneira é fundamental que os pais tomem a iniciativa de alterar o perfil desta relação com seus filhos. Considerando o ambiente familiar o microcosmo da sociedade, esta mudança é essencial para preparar nossos filhos para a convivência escolar e para o mundo dos negócios, afinal, a cooperação norteia todas as relações saudáveis que conhecemos.

Portanto, construir relações cooperadas é a saída para evitar atitudes egoístas, irresponsáveis e antissociais de todos os membros da família. Vale a pena tentar.

Cláudio Martins Nogueira – Psicólogo Clínico

  • No Comments
  • Agosto 10, 2017
× Como posso te ajudar?