O pastor e as cabras selvagens
By Cláudio

O pastor e as cabras selvagens

Compartilhe

Onde há Ganância não pode existir equilíbrio…

Num frio dia de inverno, quando a neve caía sem cessar, um Pastor levou suas Cabras para se abrigarem numa deserta caverna.

Lá dentro, ele encontrou um bando de Cabras selvagens mais numeroso que o seu rebanho, que também estavam a se proteger do mau tempo.

Assim, o Pastor desejando tomar posse das Cabras Selvagens, deixou seu rebanho do lado fora à própria sorte. Em seguida, deu para as Cabras Selvagens todo alimento que comprara, e que antes estava destinado ao seu próprio rebanho.

Mas, quando o tempo melhorou, saindo da caverna, ele viu que as Cabras que eram do seu rebanho não tinham resistido a fome. Para piorar ainda mais sua situação, ao perceberem o bom tempo lá fora, as Cabras Selvagens, habituadas à vida livre, fugiram para as montanhas e florestas.

Assim, o ganancioso Pastor retornou humilhado para sua casa, tendo falhado em capturar o rebanho selvagem, e tendo perdido aquilo que já possuía.

Moral da História 1:
Quem tudo quer tudo perde…

Moral da História 2:
Melhor a porção de menos garantida, que a porção demais e perdida…

Autor: Site de Dicas, Esopo
Meu comentário:

Nesta história é possível perceber o desprezo do pastor pelas suas cabras e a super valorização pelas cabras selvagens que não lhe pertenciam. Muitas vezes agimos desta maneira com nossos familiares e amigos. Desprezamos estes e valorizamos os outros distantes de nós. Com o tempo corremos o risco de perder quem realmente nos ama e perder quem nunca nos pertenceu, ficando sozinhos como o Pastor de cabras.

  • No Comments
  • Junho 15, 2017
× Como posso te ajudar?